O Chevrolet 37

O Chevrolet 37 em Ibicuí

Não foram poucas as vezes que o Chevrolet 37 do tio José esteve em Ibicuí.  Para chegar lá tinha que seguir pela RJ 14 e enfrentar a estrada de terra quase sempre em péssimas condições.  O Chevrolet foi parceiro do Studebaker que apareceu no Dia de Festa e depois do DKW Vemag do meu avô.  A última vez que o vi, pelos idos de setenta e pouco, já estava curtindo um merecido descanso na oficina do meu tio.  

A modelo  que nos ajuda a apresentar o Chevrolet nesta foto de 195inquenta e pouco é minha tia.  Por favor, nada de assanhamento.   

Ibicuí é uma cidade do litoral do Rio de Janeiro que fica próximo a Mangaratiba.  Tem uma praia ótima de águas tranquilas. A família tinha esta casa cujo portão (azul), calçada e janelas são vistos à direita das fotos. 

Um Azera em Ibicuí

Aliás, a casa é uma das poucas coisas que quase não mudaram em Ibicuí.  Às vezes passo por perto e vou até lá para ver como é hoje e pensar em um ontem de tanto tempo, tão repleto de lembranças boas e momentos felizes.  Eu só peguei o finalzinho daquela  festa que durou mais de 15 anos. Sem essa de “naquele tempo que era bom”,  quero apenas reconhecer o passado mas sem desmerecer o presente.   

Por outro lado, acho que não há dúvida que as coisas dificilmente mudam pra melhor em termos de qualidade de vida que as cidades nos oferecem .  Comparem o cenário de uma foto com o da outra.  Quase não havia casas na rua.  E o carro?  O Azera é moderno mas não tem o menor charme quando comparado com o Chevrolet 37.  Curiosidade: o poste baixinho à esquerda, onde a rua fica mais estreita,  parece ser o mesmo daquele tempo. 

O Cariocadorio voltará muitas vezes a Ibicuí. 

Fotos: O Chevrolet 37 em Ibicuí (cerca de 1955, acervo pessoal Cariocadorio, proibido a reprodução sem autorização prévia); Um Azera em Ibicuí (Fevereiro de 2010, by Ademir/Cariocadorio)

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , , ,

18 Respostas to “O Chevrolet 37”

  1. Luiz D' Says:

    Acampei algumas vezes em Sai. Hoje seria uma temeridade. Bela foto.

  2. Marcelo Godinho Says:

    Adorei a narratiba do texto. Bem instigante..
    Apenas, com o objetivo de colaborar, comento que Ibicui não é cidade. A, ainda, tranquila praia é bairro de Mangaratiba.

  3. Wagner Says:

    Muito legal.
    Apesar de fazer parte da família, não tive a oportunidade de participar dos grandes eventos familiares em Ibicuí, pois, não era nascido nessa época. Entretanto, sua narrativa somado com as histórias contadas pelas nossas mães e tias, nos proporciona uma viajem ao passado, e faz com que o que não vivemos, passamos a viver no presente.
    Fui.

  4. Marcelo - SP Says:

    Maravilhoso ! Sempre ouvi histórias do tão famoso Chevrolet 37 e a tão famosa casa de Ibicuí.
    Fiquei emocionado ao ver o carrão pela primeira vez ! Imagino quantas gatinhas o Ronaldo (mais conheicido atualmente como Ronald´s) levou para dar um rolé…..
    Lindo !!!
    Bjs
    Marcelo

  5. Belair Says:

    Quando o Saloma põe um link…
    Acho que encontrei o motivo da ausencia das casas na foto de 1955.
    Em 1910,aterrisou uma nave espacial em Ibicuí,vinda não se sabe de onde,mas cujo nome era Azera.A grande maioria dos habitantes de Ibicuí foi abduzida,deixando seus lares abandonados,resultando em sua ruína com o passar do tempo.Depois de 45 anos,quando um Chevrolet 37 serviu de complemento à foto de uma bela mulher,já não havia muitas construções na rua onde um tal de CariocadoRio costumava aparecer…
    Desculpe a brincadeira,mas nós que nascemos num século e vivemos em outro,frequentemente cometemos esses errinhos;a foto do Azera é de Fev/2010, obviamente,e não 1910.Corrija lá,por favor,hehe.
    Brinquei porque gostei…do blog!
    Boa sorte.

    • cariocadorio Says:

      E eu gostei da brincadeira cheia de criatividade…. na verdade “era só pra ver se você estava prestando atenção”!!!
      Aliás, link do Saloma é sinônimo de campeão de audiência por aqui. Obrigado pela contribuição, já vou corrigir. Volte sempre.
      Saudações cariocas

  6. cariocadorio Says:

    Primos,
    Vai ter muita coisa de Ibicuí e, é claro, o carrão voltará a aparecer.
    abraços
    João Carlos

  7. Karina Almeida Says:

    Estou de acordo com o Marcelo… muitas são as histórias de Ibicuí. Parece até que estive lá!
    Bjs

  8. Valéria Says:

    Estou encantada com seu blog. Acho que vou fazer um arrastão nos albuns familiares, convocar os primos e remexer nas memórias. No meu caso, uma casa em Araruama. Da Vó. Aquela festeira

  9. Aventoe Says:

    Iate Clube de Ibicuí, Carnavais de 1972-1977, que saudade… Ambiente família, lindas moças – locais e veranistas, Bandeira Branca e o Arlequim chorando pelo amor da Colombina… O ponto alto dos verões passados em Guiti, então linda praia de Mangaratiba (cujo baile, no Clube Náutico dos Mangarás, não chegava aos pés do de Ibicuí), desbravando os mares de Itacuruçá até Angra, com ênfase na Ilha Grande, em nossa poderosa voadeira com motor de 18 cavalos. Isso é que era vida!

  10. Raíra Jannuzzi Says:

    Nossa, dindinho! Adorei! É muito bom para nós, a ”nova geração” da família, ficar por dentro das histórias antigas! As fotos estão demais, muuuuito boas mesmo… vale lembrar que essa modelo gatona aí da foto, é minha avó querida! Beijos 🙂

    • cariocadorio Says:

      Oi Raíra,
      Grande presença. Apareça sempre com seus comentários. Tem muita coisa das “antigas gerações” que serão colocadas pouco a pouco.
      Beijos do dindo, digo, do Cariocadorio

  11. Karina Says:

    Rapazzzzzz!!!! Que saudade do Chevrolet!!! Realmente era um carrão!!!
    Foi um dos primeiros carros a chegar à Ibicuí. Era um carro tão bom, que a Maria Helena e eu o utilizamos após o casamento, em 1966.
    Saudades famaliares
    Ronaldo e Maria Helena

  12. Fernanda Leitão Says:

    Carioca, estava pesquisando a história de Ibicuí na internet e encontrei o seu blog.
    Também passei a minha infância em Ibicui e lá era exatamente como você descreveu, mesmo após passados alguns anos da sua infância.
    Hoje tenho 24 anos e há cerca de 19 anos atrás meu pai comprou aquela casa da foto que está situada em frente a casa que era de sua família.
    Sempre que dá estou na minha casinha, junto com meus pais e meus irmãos. Infelizmente só consigo ir umas três vezes por ano, pois o trabalho exige um pouco, mas quem sabe não curto minha velhice lá?
    Adorei o seu blog e principalmente as fotos antigas.
    Parabéns pelo blog e de vez em quando apareça em Ibicuí, pois aquele lugar continua sendo um paraíso.
    Atenciosamente,
    Fernanda Leitão.

    • cariocadorio Says:

      Fernanda,
      Ainda é cedo para vc pensar em curtir a velhice mas realmente Ibicuí é um bom lugar pra isso. A última vez que pssei uma temporada lá foi em 1963!!!
      Depois disso só algumas visitas, parte das quais retratadas nas fotos. Obrigado pela visita e o incentivo. Volte smpre.
      Saudações cariocas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: