Flores de inverno

Azalea branca

Quando todas as esperanças se transformam em espectativa por 2014, a gente volta a prestar atenção nas coisas que ficaram adormecidas enquanto a pátria dormia acordada de chuteiras.  Depois do trauma a gente lembra que é só uma partida de futebol.  E tem que acreditar nisso. 


Fica a sensação de crônica de uma morte anunciada. Quando se começa uma partida com um lateral improvisado no meio de campo é sinal que alguma coisa não foi lá tão bem planejada.  Em 70, no México, tínhamos exatamente o contrário, era meio-campista Piaza como quarto zagueiro.  Inevitável e esperada foi a agressão do tresloucado Felipe Melo no adversário.  Alguma dúvida de que  isto acontceria?  De herói a vilão em menos de uma hora. 

Azalea

Se com onze já estava difícil tentar algo diferente, pela absouta falta de opções para tal, o que fazer depois então?   Procuramos culpados? Caçamos bruxas? Será que foi por causa do pior resultado da balança comercial desde 2001? Ou teria sido culpa do sepultamento da ficha limpa abatida inapelavelmente pelo Supremo? 
Logo voltaremos a prestar atenção no que realmente é importante (as uvas estavam verdes).

Pra que a vida continue

E continuaremos torcendo.  Torcendo para que a vida continue.  Para que amanhã faça um belo dia para que possamos apreciar a beleza das flores deste inverno.

Fotos by Cariocadorio: Petrópolis, junho / julho  de 2010

Anúncios

Tags: , , , ,

5 Respostas to “Flores de inverno”

  1. Angela Caldeira Says:

    As flôres são lindas mas ainda nos custa de um dia para o outro, não só perder mas ver tantos erros só agora considerados e a busca por culpados com tanto menosprezo. Penso que a prática de futebol, pelo menos aqui no Rio, é vivida como satisfação compensatória. Quando o realmente importante se joga para debaixo do “gramado” e a profundidade do estrago transparece em histórias pessoais catastróficas, os gols parecem pagar uma divida jamais extinta. Uma prática de apresentar resultados mesmo se o caminho usado é errado.Culpabilidade , tensões, contradições…É isso “vestir a camisa”?

    • cariocadorio Says:

      Angela,
      O problema é recorrente e não parece ter solução a curto prazp. O “futebol” é administrado em benefício dos próprios administradores tanto das entidades que regem o esporte no país (CBF e federações estaduais) como dos clubes. O uso político vem de longa data e mesmo os mais esclarecidos preferem ver a paixão acima da moralidade. De uma forma ou de outra todos nós que acompanhamos o esporte somos culpados. Triste.

  2. Rosana Souto Says:

    Aproveito as flores, minha grandes amigas, para enviar para outro grande amigo, não reflexões sobre o que poderia ter dado certo e, sim, para desejar que tudo dê certo neste novo ano a frente. 5.5 – uma máquina poderosa que, certamente, seguirá nos brindando com seu veio criativo ( leonino, of course! ) por muito tempo.
    Felicidades, querido carioca do Rio! Com carinho, da carioca daqui de Campinas, extensivo aos aniversariantes juninos.
    Bjs em todos!

  3. Flores da Serra « Cariocadorio's Blog Says:

    […] também, Flores de inverno – https://cariocadorio.wordpress.com/2010/07/03/flores-de-inverno/ Share this:FacebookGostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: