Museu do Amanhã no Pier Mauá

Na segunda-feira passada uma grossa coluna de fumaça se ergueu na baía de Guanabara. Foi um incêndio em uma lancha da Marinha que felizmente, apesar das mais de 100 pessoas a bordo , não causou vítimas. 

Além da passagem do belo porta-container compondo a foto, o que mais me chamou a atenção foi o Pier Mauá. As obras continuam na estaca zero.  Há cerca de um ano, a prefeitura anunciou a urbanização do pier com um grande jardim aberto ao público.  Colocaram placas enormes, fizeram um  estardalhaço danado para alguns meses depois desistirem da idéia em prol de um museu no pier.  Tal qual o Gugenhein do ex-prefeito, aquele que fez as obras que o povo não queria.     

E veio o projeto do espanhol Santiago Calatrava, figura da hora nos modismos arquitetônicos.   Um prédio moderníssimo, com teto que se move para se ajustar aos raios solares e o escambau.  A apresentação artística chega a emocionar.  Não dá para não achar maravilhoso e que vai muito bem com o Porto maravilha.
 

Mas também não dá pra não ficar preocupado.  As obras, que começarão em 2011, estão orçadas em R$130 milhões.  Pode multiplicar por 2, como soe acontecer nestas obras. Como a realização é da Fundação Roberto Marinho, é provável que saia mesmo.   Na tímida pesquisa que fiz na internet não conssegui ter certeza de onde sairão as verbas para a obra.  Tampouco encontrei quanto custou este projeto do Calatrava e quem o pagou. 
 
Mas minha maior preocupação é como será mantido este museu com teto móvel de grandes proporções, sistemas de filtragem de água etc.  Não há de ser com a arrecadação da entrada dos visitantes.  Patrocinadores, então? O provável é que seja da mesma forma que os demais, ou seja, muito mal e porcamente.

Teremos mais uma Cidade da Sinfonia Inacabada? Aliás, não deveiram gastar um centavo em museus e afins enquanto não terminassem as obras daquela vergonha carioca.  Já que está quase pronta,  acaba logo para que tenha alguma utilidade. 

Sou totalamente a favor da cultura em suas várias vertentes mas é muito fácil desperdiçar dinheiro em nome dela.  Se gastar mal com viadutos e escolas fosse tão fácil como com obras ditas culturais, esta cidade estaria cheia de coisas úteis.

A proposta do museu é criar uma experiência da passagem do hoje para o amanhã, de modo que o presente opere como um portal. Um dos eixos ao longo dos quais se estrutura a construção é o da polaridade entre as ciências cósmicas e as terrestres. (do site PINIweb)

Foto: Incêndio na Lancha (13/09/10) by Cristina Ribeiro;
Museu do Amanhá (junho de 2010 divlugação)

Anúncios

Tags: , , , , , , , ,

12 Respostas to “Museu do Amanhã no Pier Mauá”

  1. maniacosporfilme Says:

    Se o Cesar Maia se fez com a Cidade da Música, imagine a festa que não vai ser com esta obra faraônica e absurda. E o pior é que talvez ele seja eleito como senador do meu Rio de Janeiro.

    Até o momento. só vemos transtorno no trânsito para quem precisa passar por aquela área. E o nosso prefeito megalômano ainda não fechou a Rio Branco…

  2. Alcyone Says:

    Tudo nesse país é feito para alguém ganhar dinheiro. Mas são sempre os “mesmos”.
    É facil fazerem projetos e obras faraônicas com o dinheiro do povo que paga impostos altíssimos e que não vê retorno algum, onde realmente lhe interessa. Educação, saúde e segurança.
    As fotos são maravilhosas, João Carlos!

    • cariocadorio Says:

      Alcyone,
      Seja bem-vinda ao Cariocadorio, juntando-se ao pessoal dos FRA que tem aparecido por aqui e outros amisgos deste blog.
      No inicio a gente só quer escrever, depois que alguem leia e logo quer “discutir o assunto”.
      Saudações Cariocas

  3. cid Lavrador Says:

    Ainda não me acostumei com esse projeto. Visto de frente, parece um crustáceo. No entanto, o arquiteto teve o cuidado de não agredir a paisagem. Pode ser uma quesão de tempo apreciar esse trabalho.

  4. Celso Marino Says:

    Algo como o Sydney Opera House,,, eu preferiria o projeto original. Essa do Piniweb “polaridade entre as ciências cósmicas e as terrestres” é de matar de rir.
    De qualquer modo, creio que o aproveitamento do local, dando dinamismo urbanístico a degradada área da Pça. Mauá é um bom legado para as próximas gerações.
    Quanto ao valor, penso que os 130 milhões são fichinha diante do empreendimento… por baixo eu quintuplicaria.
    Tem previsão de término ?
    Abçs e bom domingo.
    Celso

  5. Alcyone Says:

    João Carlos, voltarei sempre. Ainda mais depois desta calorosa recepção, feita pelo administrador.
    Um abraço e um bom domingo!

  6. Valéria Says:

    Ihh Alcyone e Lavra, é??? hum hum hum Cheguei aqui primeiro!!!

  7. Palácio D. João VI, segue a obra « Cariocadorio's Blog Says:

    […] As obras do Palácio D.João VI na Praça Mauá, que começaram há de um ano, seguem em ritmo acelerado .  Em breve o aristocrático prédio que foi construído em 1916 e pssou muitos anos abandonado será transformado no Museu de Arte do Rio.  […]

  8. Igreja de São Francisco da Prainha « Cariocadorio's Blog Says:

    […] prédios formarão o Museu de Artes do Rio (MAR).  Na mesma região, no Pier Mauá, constrói-se o Museu do Amanhã, projeto do arquiteto da moda, o espanhol […]

  9. Porto Maravilha, tomando forma | Cariocadorio's Blog Says:

    […] Museu do Amanhã também começa a tomar forma ao mesmo tempo em que se removem os restos da […]

  10. Porto Maravilha, tomando forma | Super Karangas Says:

    […] Museu do Amanhã também começa a tomar forma ao mesmo tempo em que se removem os restos da […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: