Minha Grande Família II

Uma certeza nos fins de semana da minha infância era a visita à casa dos meus avós.  Vivia de jogos de cartas, não sei porque eu sempre ganhava no roba-montinho, buscar figuras de bichos nas nuvens, comer biscoitinho de natas… Na televisão cantavam o Francisco José, o Aguinaldo Rayol,  paixão da minha avó,  a Ellen de Lima e outros.  Apresentadores eram o Moacir Franco. o Flávio Cavalcante (um chato) e uma loira chamada Hebe Camargo.  O Chacrinha não era popular naquela casa mas como era engraçado o José Vasconcelos.  Imperdível o Repórter Esso apresentado pelo Gontijo Theodoro. 

Das Laranjeiras pegávamos uns dois ônibus, ou lotações, baldeando na cidade antes de seguir para o Engenho Novo.  Raramente um Chevrolet daqueles pretos que dominavam a praça. Um luxo. Depois as coisas mudaram um pouco e lá chegávamos na Vemaguete azul clara.  

Era tempo de pipas e balões de São João na época certa, com direito a fogueira, melado e canjica.  Por que será que naquela época os balões não causavam tanto dano?  Tempo de procurar presentes de Natal nos sapatos escondidos pela casa.  De futebol e bolas de gude inocentes no meio da rua.  No botequim da esquina encontrava o meu tio e meu pai com ele nas conversas com os velhos amigos.  Orgulhoso do meu guaraná tão parecido com a cerveja dos mais velhos. 

Isso foi lá pelos bons finais de anos 50 e início dos 60.   Do século passado, que fique bem entendido. Por aquelas bandas o cenário não mudou muito mas já não há cadeiras nas calçadas, portões abertos e gente tranquila nas ruas. Estou certo que voltarão, assim que as UPPs cobrirem um Rio de Janeiro inteiro. 

Foto: Minha Grande Família II (1958) –  acervo pessoal Cariocadorio, proibida a reprodução sem autorização prévia. 

Anúncios

Tags: , , , , ,

11 Respostas to “Minha Grande Família II”

  1. Valéria Says:

    como sempre um belo texto, que me faz refletir e relembrar reuniões de família

    Parabéns pela saída do Bonde do Clouseau. Eu continuo no meu lugar cativo 😀

  2. Ricardo Galeno Says:

    Lembro que ainda brinquei de bola de gude e soltei muita pipa quando moleque! Hoje é engraçado tem festa junina, julina, agostina, setembrina! Vai acabar virando Caruaru de tanta festa!

  3. Luiz D´ Says:

    Boa lembrança do Gontijo Teodoro, locutor do Repórter Esso.
    Bela descrição daqueles tempos!

  4. cariocadorio Says:

    Aproveitei a deixa e acertei o nome do apresentador do Reporter Esso.

  5. Denise S. Says:

    doces lembranças… sempre é bpm compartilhá-las.

  6. Tiago Cruz Says:

    Prezado “Cariocadorio”,
    cheguei aqui via “Quieta em meu canto” e gostei de cara!
    Aproveitando, dá uma olhada aqui:
    Acho que tem muito a ver com o seu clima.
    Abs,
    Tiago Cruz.

  7. cariocadorio Says:

    Obrigado pela visita,
    Lamento mas não consegui chegar no seu blog.
    Saudações cariocas

  8. Alcyone Says:

    Como era gostoso jogar roba-montinho! Joguei muito em crianças com os primos e mais recentemente, com os netos.
    Muitos boas, essas lembranças!

  9. Alcyone Says:

    Não sei porque, hoje estou cheia de “ss”
    “joguei muito em criança” e ” muito boas”

  10. Paulo Apulcro Fonseca Says:

    Carioca, aproveite mais uma dica e acerte o nome da “Ellen de Lima” que a gente costumava confundir com a outra grande cantora “Helena de Lima”. Um dia você pode querer escrever um livro com tão belas recordações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: