As 7 vidas do Gato Angorá

O Rio de Janeiro nunca foi afeito a bons governantes. Além disso, desde os tempos da Guanabara, mantinha uma tradição de ter governadores eleitos contrários ao governo federal.  Fazia parte do espírito pseudo-contestador do carioca. Com a fusão veio Faria Lima nomeado por Brasília e depois, eleitos, Chagas Freitas e Brizola. 

Em 1982 eu achava que era hora de o Rio de Janeiro se alinhar com o governo federal para ver se sobrava alguma verba porque a coisa aqui estava muito ruim. O candidato era casado com a filha do Amaral Peixoto, velho cacique que há anos dominava o combalido estado do Rio. Apesar de sua ligação com o eterno poder estabelecido, votei no tal de Moreira Franco. 

Após aquela lambança que foram as eleições (caso Proconsult, roubo de votos etc) o cara foi eleito.  Prometeu acabar com a criminalidade, fez desfile de patrulhinhas e parou por aí. Conseguiu até brigar com Brasília e se isolar politicamente.  O Rio de Janeiro nunca sofreu tanto no maior desgoverno até então.   O Brizola teve uma volta triunfal na eleição seguinte.

Anos depois Moreira Franco se candidatou a prefeito de Niterói e foi para o segundo turno (como se vota mal neste país).  Em total falta de respeito com o eleitorado, Moreira Franco desistiu do segundo turno.  Nada é mais vergonhoso do que abandonar a eleição e os eleitores no meio do caminho por saber que perderia o segundo turno.

E ainda assim este senhor ocupou cargos nos governos FHC e Lula.  Finalmente, agora no governo Dilma ele é guindado ao cargo de ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), seja lá o que se faça por lá.  É amigo pessoal do vice Michel Temer que fez questão de nomeá-lo.  Terá sido pela sua capacidade administrativa?

Que tipo de força se deposita em certas pessoas para que se mantenham por tanto tempo no poder mesmo que nada do que tenham feito seja proveitoso para a sociedade?  O jogo do poder político que mantém os Moreiras e Sarneys da vida no controle há tanto tempo não é mesmo para o cidadão entender.

Quanto mais se sabe menos se entende.

Fotos obtidas na internet:  animais.blogmaneiro.com ; caixa.gov.br

Anúncios

Tags: , , ,

Uma resposta to “As 7 vidas do Gato Angorá”

  1. fernando Says:

    Creio que devamos publicar mais desses assuntos de Políticos safados que só fazem achincalhar o povo.

    Fernando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: