Porto Maravilha, seguem as obras

Praça Mauá e o Palácio D.João VI

As obras do Palácio D.João VI na Praça Mauá, que começaram há cerca de um ano, seguem em ritmo acelerado .  Em breve o aristocrático prédio, que foi construído em 1916 e passou muitos anos abandonado, será transformado no MAR, Museu de Arte do Rio. Ainda não foram iniciadas as obras do prédio da rodoviária que abrigará o teleférico para o morro da Conceição e será integrado ao MAR.

Bem perto também podemos ver as obras do Museu do Amanhã e diversas obras viárias que dão a esperança de que algum dia a região poderá ser realmente conhecida como Porto Maravilha.   Resta saber se estes museus terão algum tipo de acervo permanente ou se, como tantos outros “centros culturais”, ficarão a espera de mostras temporárias que vão se rareando com o tempo.  Temo que sirvam apenas para inaugurações festivas.

Obras do Museu do Amanhã no Pier Mauá

As cores utilizadas em prédios antigos recuperados têm sido um tanto infelizes. No  Palácio Guanabara as cores claras de mais de um século foram substituidas por um ocre de gosto duvidoso por se tratar da cor original.  Deve ser esta a razão da escolha do cinza para o futuro MAR.   

Polícia Federal, da cor do MAR

Polícia Federal, da cor do MAR

O único problema desta vez é que o mesmo cinza é a cor do prédio da Polícia Federal que fica ali ao lado. 

O palacete se transformando em MAR

Fotos by Cariocadorio, março de 2011:
Praça Mauá e o Palácio D. João VI; Obras do Museu do Amanhã; Da cor da Polícia Federal; O palacete se transforma em MAR.

Anúncios

Tags: , , , , , , , ,

9 Respostas to “Porto Maravilha, seguem as obras”

  1. maniacosporfilme Says:

    Em se tratando de obra pública, eu tenho sempre medo.

    Como vai a Cidade da Música? Paul McCartney dará um show no dia 23 de maio, no Engenhão. E toda a grana investida (e desviada) da Cidade da Música? Aquela monstruosidade é um monumento ás obras públicas de nossos prefeitos atuais.

    Ontem estourou uma unidade de tratamento de esgoto em Niterói. As causas ainda serão divulgadas, mas pode ser erro de projeto ou uso de material de baixa qualidade. Enquanto isso, aqui no Rio, pretende-se demolir a Perimetral e construir um túnel. Tenho muito medo!

  2. Valéria Says:

    Eu imagino que toda a Av Central seria da mesma cor. Talvez um ou outro prédio fosse amarelo claro, nunca ocre. Não vejo nenhum problema dos dois prédios serem iguais.

    Vamos torcer para que esses sejam aproveitados, que se motive a população a participar das mostras nos museus

  3. Celso Marino Says:

    Carioca,

    Não seria uma cor creme bem clarinha ? O Palácio está aqui do meu lado e nao me parece que o tenham mimetizado com o prédio da PF.
    Com o respeito devido à opinião do amigo, não diria que, nesse caso, a escolha foi infeliz.

    Seja como for, alegra-me que essa consciência de recuperação esteja entrando no nosso sangue…. chega do Rio do “bota abaixo” ! Há minutos atrás recebi um desses pps da net onde comparam diversas fotos da Normandia em 1944 com fotos atuais, mostrando que os prédios destruídos na guerra foram totalmente recuperados. Viva a Europa !

    To querendo ver esse teleférico…

    Abçs,

    Celso Marino

  4. Gilda Says:

    Carioca
    Concordo plenamente com você que a cor antiga do Palácio Guanabara era mais bonita. Só vi o Palácio D. João VI de relance, portanto ainda não dá para opinar. Nas fotos tudo parece lindo, mas podem ser apenas ótimas fotos. De qualquer maneira, para pessoas como nós que convivemos com a sujeira e o abandono da Praça Mauá durante décadas, as mudanças prometidas parecem maravilhosas. Resta saber se serão concluídas e se isso terá continuidade após a Copa e as Olímpiadas. O propalado legado dos Jogos Panamericanos se existiu nunca deu para notar. Os dois eventos que a cidade vai sediar tiveram uma ação transformadora em várias das cidades onde ocorreram, Barcelona sendo o exemplo clássico. Será esperar muito que o mesmo ocorra aqui? Só um exemplo: imagine um Galeão moderno, bonito, confortável, banheiros limpos, área de alimentação sem confinamento, talvez até com vista, acesso pelo metrô, que também iria até o Santos Dumont e para a Barra da Tijica passando pela Linha Amarela, estacionamento totalmente automatizado e rápido, um hotel perto e decente, acesso wireless livre… É sonhar muito? Há vááááários assim pelo mundo.
    Quero ver o teleférico moderno, mas espero que tudo isso seja feito para valorizar o que a área tem de bonito: o porto, suas casas, o charme do morro da Conceição, as tradições musicais, e o nosso Instituto Nacional de Tecnologia que em dezembro comemora 90 anos!

  5. maniacosporfilme Says:

    Já imaginaram que maravilha se as escolas públicas, os hospitais e o saneamento básico tivessem a mesma atenção e recursos? Como iria valorizar a cidade, com uma nova geração com saúde e educação?

  6. O teto do MAR (museu de arte do Rio) « Cariocadorio's Blog Says:

    […] o teto e outros posts sobre o MAR: https://cariocadorio.wordpress.com/2011/11/26/as-obras-do-mar/ https://cariocadorio.wordpress.com/2011/04/18/palacio-d-joao-vi-segue-a-obra/ https://cariocadorio.wordpress.com/2010/05/22/palacio-d-joao-vi-em-obras/ Share this:FacebookGostar […]

  7. Porto Maravilha, tomando forma | Cariocadorio's Blog Says:

    […] sobre este assunto: https://cariocadorio.wordpress.com/2011/11/26/as-obras-do-mar/ https://cariocadorio.wordpress.com/2011/04/18/palacio-d-joao-vi-segue-a-obra/ […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: