Rio eu amo, eu cuido

Duas décadas perdidas acabam com a auto-estima de qualquer um.  Assim aconteceu com o Rio de Janeiro, símbolo maior dos tempos em que o Brasil navegava nas águas turvas da decadência.

Mal governado e cada vez mais partido, o Rio sobreviveu na informalidade da economia e viu se afastarem empresas, turistas e até a sua própria força cultural.   

Não adianta procurar culpados externos.  Precisamos nós mesmos, cariocas de todas as origens, aprender com a dura lição e resgatar o que a natureza nos outorgou para trazer de volta o esplendor do Rio de Janeiro de outras épocas.

O momento nos proporciona uma oportunidade ímpar. A economia deslancha, o Beltrame atua e a Copa e os jogos Olímpicos trarão uma revolução urbanística que não vemos desde o milagre brasileiro.  É preciso aproveitar este ambiente e começar a cuidar do Rio de Janeiro.

Há um sem número de senões neste ambiente mas não quero discuti-los agora. Esta discussão será parte do cuidar do Rio que busco estimular na iniciativa do movimento “Rio eu amo eu cuido” (visite o site aqui).  Que venham tantas outras neste sentido e que sejam todas elas por amor e respeito ao Rio de Janeiro.

Anúncios

Tags: , , ,

4 Respostas to “Rio eu amo, eu cuido”

  1. maniacosporfilme Says:

    É triste dependermos de turistas de Jogos Olímpicos e de Copa do Mundo para melhorarmos a segurança da nossa querida cidade. Nesto aspecto, o Rio realmente melhorou. Não sei para onde estão indo os criminosos das favelas ocupadas neste nosso país sem justiça, talvez para as pacatas cidades do interior.

    Mas quando vemos a boçal (mas gostosa) da Luana Piovani declarar que “parou de fumar maconha por causa da gravidez”, concluímos que a nossa cidade infelizmente precisa de traficantes para abastecer esta sociedade hipócrita.

    http://extra.globo.com/famosos/parei-de-fumar-maconha-pra-gravidez-diz-luana-piovani-3323784.html

    Quanto as obras, será que precisava demolir o Maracanã reformado pelo Garotinho e pelo Chiquinho da Mangueira? Demolir a Perimetral para fazer túnel? Fazer a cidade um “canteiro de obras”, com resultados de baixíssima qualidade?

    O dinheiro está sobrando e muita gente está “mamando”, isto é a única certeza que eu tenho. E o pior é que nós é que estamos pagando a conta.

  2. Gabriel Catarino. Says:

    O Rio de Janeiro continua lindo…Somos um povo formado de varios povos, acreditamos no prazer, no sorriso, na alegria, somos solidarios e desejamos um mundo melhor para nos e para todos.

    O Carioca nascido no Rio, ou aqueles cariocas que aqui depositaram suas esperancas, desejam apenas ser felizes.

    VAMOS TODOS CONSTRUIR UM RIO DE JANEIRO COM ORDEM E PROOGRESSO PARA TODOS QUE AQUI VIVEM.

    A limpeza urbana, seguranca, saude, esportes e lazer; sao direitos do Carioca e dever de toda a nossa sociedade…
    Cada um de nos e responsavel pela preservacao, conservacao e cuidados com nossa cidade; e devemos ajudar e cuidar de nos…
    O PROJETO PORTO MARAVILHA e uma grandiosa oportunidade de realizarmos este resgate de cidadania carioca…

  3. Wagner dos Santos Says:

    Realmente, o nosso Rio precisa de amor e cuidado. Mas observo, que para cuidarmos dele, precisamos estar seguros, com saúde e com educação. São os trípces aspectos que pelo que entendo, são essenciais para fazermos alguma coisa pelo Rio.

    Temos dinheiro para a Copa e Olimpíada, mas para a educação, saúde e segurança, as verbas são desviadas e a população fica em décimo plano.

    A Educação: Não deve ser representada somente com escolas. Elas apenas fazem parte de um processo. Mas também, cumprir as Leis, fazê-las realmente serem seguidas. Não jogar objetos nos rios, estradas, ruas e etc. Punir quem fizer isto.

    Não falar palavrão, perto de senhoras com crianças ao lado. Respeitar os idosos, mulheres e etc.

    A Saúde: Sem comentários. É só entrar nos hospitais públicos.

    Segurança: As UPPs foram feita como meio eleitoreiro. Não resolve o problema da violência, apenas a transfere momentaneamente de lugar. Temos que deixar de considerar as comunidades como cartão postal, e promover moradias com escolas e clubes (esportes) e saneamento básico para as pessoas.

    Fui

  4. Rita Maria Says:

    Ôi João,

    Sou meio radical com relação ao ato de amar e acredito piamente que “quem ama, cuida”. O Rio de Janeiro em se tratando de belezas naturais é um dos lugares mais belos do mundo, mas como está sofrido! Digo isto não por observação própria, fui ao Rio em 1978 e nunca mais voltei, mas tenho uma amiga de Goiás que mudou-se há três anos p’raí e outro dia ela me dizia via internet que o Rio esta sujo, mau cuidado.

    Eu acredito que tudo isto é reflexo de uma administração errada, de mau uso do dinheiro público, da falta de conscientização do povo não apenas carioca, mas de todos que visitam o Rio de Janeiro.

    Porém, no que depende somente da natureza, ainda haverá primavera no Rio e o cheiro das flores suplantará os maus odores vindos da raça humana.

    Seu texto é ótimo, muito bem escrito, correção exemplar. Parabéns!

    Rita

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: