Archive for maio \24\UTC 2012

Flamengo, humilhado novamente

24 de maio de 2012

Ontem, os times cariocas foram eliminados da Taça Libertadores da América sofrendo gols no finalzinho das partidas.  Humilhação, entretanto, sofreu o Flamengo.  

Mais uma vez fomos humilhados pelos irmãos Gaúcho que deixaram o clube refém de seus interesses e da sua falta de interesse.  Ronaldo continua sem jogar futebol, contagiando o elenco, e Assis não perde a oportunidade de bradar aos quatro ventos que o Flamengo deve ao seu irmão e agenciado.  Estes caras são fruto da pouca educação e da típica arrogância dos novos ricos.  São dignos de pena.  A vida sempre pune este tipo de gente que não percebe que logo a fonte há de secar. E secará antes que dêem conta.

A pergunta que fica é até quando esta diretoria do Flamengo ficará por lá para nos fazer passar por essa humilhação;  até quando um empresário (?) vai entrar na sede da Gávea e pegar produtos com a marca FLAMENGO na mão grande sob a alegação de que lhe devem dinheiro? Até quando essa diretoria vai desvalorizar a marca que deveriam saber explorar pelo bem do clube?   Até quando…

No sábado começamos a disputa para não cair no brasileirão.  Estamos longe do fundo do poço com essa diretoria.   

Este não é assunto para o Cariocadorio, mas para jornalista sério e, muito provavelmente, para detetive e justiça.

Aeroporto do Galeão, segue o caos

20 de maio de 2012

Recuso-me a chamar o aeroporto do Rio de Janeiro de Antonio Carlos Jobim.  O nosso grande compositor não merece esta desfeita.  Falemos, portanto, mais uma vez do Aeroporto do Galeão.

Muito se fala em reformas, ampliação e preparação para a Copa de 2014 e as olimpíadas de 2016. Pode gastar a grana que quiser porque não vai ter jeito. Nem a melhor instalação aeroportuária do mundo sobrevive à incompetência administrativa e a falta de bom-senso.

  
Saímos do finger e logo nos deparamos com o caos.  O funcionário, que em nada ajudava, explicou que o problema eram os vários vôos que chegaram ao mesmo tempo.  Mas qual seria a surpresa nisso?  Estes vôos chegam sempre no mesmo horário.  Fiz o mesmo vôo duas semanas depois e, claro, o mesmo problema de filas.  Não dá pra  mudar um pouco o horário de vôos internacionais ou o terminal que chegam quase ao mesmo tempo no Rio?  Evitaria filas na imigração, o tumulto nas esteiras e a confusão no free shop.

Por sorte não havia nenhuma “operação padrão” na alfândega.  Depois foi só pagar o preço extorsivo dos táxis do aeroporto e ir tranquilamente enfrentar a Linha Vermelha às 11:00 da manhã para chegar em casa 20 horas depois de sair de um hotel lá fora.  As últimas 3, já no Rio de Janeiro.   

Fotos by Cariocaodorio: Aeroporto do Galeão, maio de 2012

Coisas do Texas

6 de maio de 2012

Como tudo no Texas, são exagerados os carros usados lá.   Já vi carros grandes, como Suburbans, Hummers etc.  Mas em termos de exagero esta limosine fotografada em Houston é difícil de superar.

limosine texana

limosine texana

O dia estava bom pra ver coisas interessantes no trânsito.  Na rodovia “610” enfrentamos um engarrafamento destes de causar inveja na Marginal do Tietê e na “Lagoa – Barra”. 

De repente no pára-choque do “truck” outra característica texana:  a apologia ao uso de armas.  No Texas é bom pensar duas vezes antes de invadir a casa dos outros porque é legal atirar no invasor. 

 

 

No pára-choque do carro o sticker ensinava:
“Criminosos preferem vítimas desarmadas” . 
Será que vale a pena combater armas com armas?

Fotos by Cariocadorio, maio de 2012