Os esquecidos do Eduardo Paes

Reflexões de um cidadão sobre as eleições 2012 do Rio de Janeiro. 

A Barra da Tijuca é a grande vedete das Olimpíadas do Rio de Janeiro.  Os Trans isso, Trans aquilo, metrô e outras obras de infra-estrutura estão concentradas na Zona Oeste. 

Tirando a Zona Oeste, só a região portuária, graças a uma mudança de última hora, tem investimentos específicos.  Realmente o Porto Maravilha é um conjunto de obras que vai mudar o perfil da região. Os bairros mais tradicionais do Rio, porém, pouco ou nada terão como legado olímpico.

A disparidade com relação aos outros bairros do Rio é tão flagrante que o objetivo de concentrar os investimentos na Barra parece ser o de regar os interesses separatistas da região (veja em Barra da Tijuca, 2017).

Paes após votar no Gávea GC.

Paes após votar no Gávea GC.

Os resultados das eleições refletem este cenário. Campeão absoluto no Rio de Janeiro (mais de 64% dos votos), Eduardo Paes perdeu para Marcelo Freixo em Laranjeiras e no Cosme Velho, tendo vitórias apertadas em Botafogo, Urca, Humaitá, Catete, Jardim Botânico e Lagoa. Justamente nas regiões esquecidas pelo projeto Olímpico. Já no lado Oeste (Guaratiba, Recreio, Santa Cruz e Campo Grande), Eduardo Paes teve mais de 70% dos votos. Faz sentido. 

Tampouco seria conveniente mudar de rumo com tantas obras por terminar. Os novos prefeitos sempre aplicam a perversa lógica de renegar as iniciativas dos antecessores, mesmo estando a obra próximo à conclusão.  Assim nos ensinou recentemente o próprio Eduardo Paes, deixando de lado a maldita Cidade da Sinfonia Inacabada.

O atual prefeito tirou bom proveito de uma enxurrada de dinheiro nunca vista no Rio de Janeiro e da bem costurada união com as esferas estadual e federal.  Na campanha, praticamente sem oposição, pode até se dar ao luxo de reconhecer deficiências da sua administração. 

Precisamos cobrar um mínimo de ação nestes bairros esquecidos pelo Prefeito.  Obras que desafoguem o tráfego, por exemplo. Caso contrário, só ficaremos com o dever de pagar as contas, a começar pelo novo IPTU.

Foto EFE, outubro de 2012.

Anúncios

Tags: , , , , ,

3 Respostas to “Os esquecidos do Eduardo Paes”

  1. maniacosporfilme Says:

    Meu caro amigo,

    Vamos esquecer a Praça Mauá, já exaustivamente discutida em seu Blog e vamos nos situar no asfalto da cidade como um todo. O “Homem da Perimetral” ficou três anos sem recapear as pistas, deixando crateras para todo lado. Um ano antes das eleições, ele fez este recapeamento de qualidade duvidosa mas com muita propaganda.

    No Centro, seu grande mérito foi tirar os camelôs das ruas. Além disso, me deu um prejuízo na Presidente Vargas com seus tachões que felizmente foram retirados. Agora é só o inferno de dirigir pela Presidente Vargas na hora do rush. Para quem anda de ônibus, cada BRS para em apenas três pontos ao longo da Presidente Vargas: ótimo para quem trabalha perto de um ponto, uma m… para quem trabalha longe. Que mais este Prefeito fez no Centro? Eu não sei!

    Moro na Tijuca, onde o Prefeito não fez NADA. Se os imóveis se valorizaram, foi por causa das UPPs do Governo do Estado.

    Você já citou vários outros bairros negligenciados por este Prefeito. Mesmo em Copacabana, Ipanema e Leblon, o que foi que este Prefeito fez?

    Além disso, faltam lixeiras nas ruas. O povo já é porco e sem educação, mas pelo menos o “Homem da Cidade da Música Inacabada” colocava lixeiras na cidade. E o “Homem da Perimetral” simplesmente não fez a reposição.

    Sinceramente, não consigo ver nenhuma qualidade neste político elitista.

  2. Gilda Massari Coelho Says:

    Prezado carioca
    A propósito, permita-me reproduzir em seu blog e-mail enviado ao Prefeito Eduardo Paes pouco depois de me refazer do choque de ver a Praça Nossa Senhora da Paz invadida pelas máquinas. Provavelmente protestar não vai resolver nada, mas ao menos disse o que pensava. Abraços.

    Prezado Prefeito Eduardo Paes

    No último dia 7 dei-lhe meu voto com convicção: acho que a sua gestão vem sendo uma das melhores que o Rio teve ao longo dos últimos 30 anos, em que pese a péssima qualidade da maioria de seus antecessores…

    A parceria com o governo estadual tem resultado em melhorias para a cidade de maneira geral, atestada pela sua boa votação.

    Trabalhei por muitos anos na região portuária e fico feliz que o projeto de revitalização tenha saído do papel. Por tudo o que tenho visto, vai ficar um espetáculo! Incluo nisso a derrubada da perimetral, objeto de tantas críticas. Se era prioridade, não sei, mas que esteticamente vai melhorar muito, não tenho dúvidas.

    Moro atualmente em Ipanema. Com a pacificação do complexo Cantagalo-Pavão-Pavãozinho a região melhorou muito. Permanecem iguais a presença constante de camelôs e mendigos e a sujeira nas ruas. Piorou: o número absurdo de blocos de carnaval.

    Vamos agora ao que me motiva lhe escrever: a nova estação do metrô na Praça Nossa Senhora da Paz.

    Só para lembrar, já que o senhor deve conhecer muito bem o projeto: a obra vai exigir a derrubada de 113 árvores e as saídas da estação vão ser construídas dentro da praça. Nós já temos o exemplo do que aconteceu na General Osório: a praça transformou-se em local de passagem, perdendo suas características. Isso sem falar naquele monstrengo que é a saída da estação…

    Há um abaixo-assinado com 25 mil assinaturas pedindo que a estação não seja na Praça e sim nas ruas Visconde de Pirajá e Barão da Torre que está sendo totalmente ignorado pelas autoridades estaduais e municipais. Não posso acreditar que esta alternativa não seja considerada e tampouco que a opinião dos moradores seja totalmente ignorada.

    Algumas perguntas que não querem calar, extrapolando até o tema em questão:

    1. Por que a estação tem que ser dentro da praça, quando temos exemplos em todo o mundo de estações de metrô com saídas pequenas, na calçada ou mesmo dentro de shoppings? Dizem que a estação vai ficar “fora das grades” e que vai ser de vidro. A da General Osório é fora das grades o que não impediu que se transformasse em local de passagem.

    2. Onde fica a preocupação com o meio ambiente? Dizem que as árvores vão ser replantadas, mas é difícil acreditar que se consiga preservar árvores grandes e antigas como as de lá. O que provavelmente acontecerá é que trocaremos árvores frondosas por mudinhas que levarão muitos e muitos anos para atingir o tamanho das atuais. Eu certamente não as verei.

    3. Por que o metrô do Rio tem que ser uma linha única unindo dois pontos ou, vá lá, três considerando General Osório, Saens Peña e Pavuna? Tirando Brasília, o metrô em todo o mundo é um emaranhado de linhas que se cruzam.

    4. Por que não se faz o acesso do metrô aos aeroportos, uma prática bastante disseminada internacionalmente? Pensa-se em ligar, com o trem de alta velocidade, Rio e São Paulo, mas não se fala em facilitar o acesso à rodoviária e aos aeroportos.

    5. Por que não se pensa em utilizar o VLT numa linha no meio da Avenida das Américas e na Via Amarela? Miami tem um bom exemplo, o Metrorail.

    Gostaria de lembrar alguns “malfeitos” recentes, creio que todos de autoria do prefeito César Maia: o horrendo monumento do Bar Vinte, em boa hora derrubado em sua gestão; o estádio do Engenhão, numa área cercada de favelas e com acesso difícil; a inacabada Cidade da Música. Quero crer que ele tinha boas intenções…

    Prefeito Eduardo Paes, não queira ser o prefeito que acabou com a única Praça ainda com direito de usar este nome com “P” maiúsculo no Bairro de Ipanema. Ouça o que a população lhe diz. São seus eleitores e pode ser que o que estão tentando lhe dizer faça sentido.

    Não coloque esta mancha em sua caminhada para ser o Pereira Passos do século XXI.

  3. maniacosporfilme Says:

    Sobre as árvores, não deixe o prefeitinho ver, senão pode se tornar mais uma fonte de superfaturamento:

    http://sorisomail.com/email/269580/plantando-e-replantando.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: