Saudades do Rio

O título deste post é uma homenagem ao fotolog do mesmo nome. Durante anos o “Saudades do Rio” e outros espaços criados com propósito similar ajudaram a reconstruir a história recente do Rio de Janeiro.  Vários deles estão referidos com links na página inicial deste Cariocadorio. Recentemente, o Terra, site que hospeda os FRA (fotologs do Rio antigo), anunciou para 30/12/13 o fim deste serviço.

Laranjeiras, Campo de Fluminense, 1936

Laranjeiras, Campo de Fluminense, 1936

Rua Ipiranga, 1905: ao fundo A Praça de Touros do Rio

Rua Ipiranga, 1905: ao fundo, a Praça de Touros do Rio

Mais que o grupo de pessoas acostumadas a ver as postagens diárias, perde o Rio de Janeiro. As fotos e os comentários dos frequentadores formaram um importante acervo sobre a história recente da cidade que merecia ser mantido.  Esperemos que as fotos voltem a ser postadas onde possam permanecer como referência. Mas alguns comentários de pessoas que conheceram os logradouros e viveram a história do lugar não serão recuperados. Saudades também de alguns comentaristas que já estão frequentando sites da próxima dimensão.

Pavilhão Mourisco, início do Sec. XX

Pavilhão Mourisco, início do Sec. XX

Minha homenagem vai com estas fotos roubadas dos FRA  que me ajudaram a conhecer minha própria história. Mostram regiões do Rio que  são referências da infância. O Fluminense e as ruas em seu entorno, onde morei e caminhei no caminho da escola; a rua Ipiranga com uma inacreditável praça de touros ao fundo, na rua das Laranjeiras; e o pavilhão Mourisco, que explica o nome daquela região ao final da enseada de Botafogo.

Registro meu agradecimento aos que tiveram a ideia de criar os FRA e àqueles que ajudaram a construí-los e a mantê-los portanto tempo.  Ficamos no aguardo de novas plataformas que suportem uma iniciativa que não pode acabar.

Anúncios

Tags: , , , , ,

7 Respostas to “Saudades do Rio”

  1. Luiz D´ Says:

    Se pudesse traçar uma linha de evolução diria que o Alma Carioca e depois os fotologs do André Decourt e do Roberto Tumminelli foram, pelo menos para mim, os que levaram à criação do “Saudades do Rio”.
    Este começou no Terra, após insistência do Bertoni e do Celso, em junho de 2005, após um início titubeante no Multiply e no fotolog.net
    Com a ajuda dos amantes do Rio antigo transformou-se, de certa forma, numa das referências para pesquisadores, curiosos e visitantes que queriam conhecer o Rio de antigamente.
    Os comentários complementaram e excederam as pesquisas realizadas, dando um cunho pessoal a fatos e pessoas do Rio de antigamente.
    Ficou, então, um local em que histórias e memórias construíram a visão do Rio por seus moradores e/ou visitantes.
    Pena que tudo isto vai se perder com esta decisão do Terra.

  2. Ana Luiza Says:

    Ainda reluto em acreditar que não haja possibilidade de salvar, ao menos, os comentários e testemunhos mais relevantes.
    É muito frágil essa nossa dependências de “entidades” tão impessoais. Parece obra de Kafka.
    As fotos acima são das que mais me impressionaram. As duas primeiras, na minha vizinhança e a terceira… quase! A história da Praça de Touros na Eugênio Hussack é surpreendente. Muitos nunca sequer ouviram falar.

  3. Rita Maria do Nascimento Says:

    Aprendi muito com o Saudades do Rio, aliás, com todos vocês… Passei a ver o Rio de Janeiro com outros olhos, com olhos encantados e coração apertado por ver tanta beleza e tanta destruição dos nossos monumentos. Mas, o Rio ainda continua lindo…

    Obrigada por notificar-me de sua postagem, o que para mim é uma honra e um grande prazer…

    Um grande e afetuoso abraço.

    Rita.

  4. valéria Says:

    Caramba…quanto tempo não comento, vejo seus textos sempre ótimos, mas fico quietinha. Hoje essa notícia me deixou bastante triste. Embora não tenha passado por lá faz um bom tempo, as lembranças e os ensinamentos ficaram

  5. Alvaro Botelho Says:

    Faz um bom tempo que não deixo meu comentário.
    O impacto da decisão do Terra foi como um soco do Mike Tyson!
    Alguns Fotologs (acho que são seis atualmente) migraram para o UOL onde são Fotoblog!
    É um recomeço. O material antigo foi salvo por alguns frequentadores dos Fotologs (Romano que fez eBook e Manitu que fez o http://www.fotoclone.in) Eu mesmo consegui baixar uma cópia do meu Fotolog e junto vieram os links do Fotolog. Nem tudo saiu perfeito mas pelo menos não se perdeu todo o material.
    Então, esse seu amigo está recomeçando em http://ilhahoje.nafoto.net

    Abração
    Alvaro Botelho

  6. Walter Heinz Müller Says:

    Caramba, só agora, depois de vários meses de ter deixado de fazer comentários em vários dos fotologs do Rio Antigo, também conhecidos como FRA, foi que tomei conhecimento da lamentável decisão do Terra de não mais querer hospedar os fotologs, instrumentos importantíssimos para a cultura e entretenimento não só do povo carioca, de um modo particular, como de todo o povo brasileiro, de um modo geral. Assim, tal atitude, fez com que ficássemos tristes e desalentados pela perda, pelo menos parcial, de todo um muito importante acêrvo que tivemos em mãos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: