Copa da Inglaterra, 1966

Poster da copa de 66

Poster da copa de 66

Lembro-me vagamente de uma copa do mundo de futebol em 1966. Foi  naquela estranha ilha do continente europeu, terra de certos autores teatrais e grupos musicais que fizeram sucesso internacional. Foi lá também que inventaram o futebol que conhecemos no formato atual.

Recentemente, na mesma Inglaterra,  inventaram como ganhar muito dinheiro com o esporte.  Jogar bola mesmo nunca foi o forte dos caras.  Mas desta vez…

Bastaram duas copas (58 e 62) para que ficássemos mascarados.  Isso é coisa que Papai do Céu não perdoa.  Políticos e dirigentes pensaram em disputar a Copa com Brasil A e Brasil B e convocaram 40 e tantos jogadores.    Treinaram o Servílio durante meses ao lado do Pelé e na véspera cortaram-no do grupo que ia para a Inglaterra. Os disparates não pararam aí.  Tinha uma turma que já estava ficando um pouco velha.  Alguns jogadores estavam mais preocupados em bater recorde de participações, arrumar o meião, procurar travesti… Pera aí!…  Isso já foi numa copa mais recente.

Deu no que deu.  Perdemos para a Hungria e Portugal e fomos eliminados sem que o time pudesse ser definido.  As imagens da partida contra Portugal mostram Pelé sendo cassado em campo.  Não foi um caso isolado.  A FIFA estava cansada das vitórias sul-americanas e decidiu que esta copa não sairia da Europa (leia-se Inglaterra).  Argentinos e uruguaios também apanharam um bocado antes de serem eliminados.

A teoria da conspiração pode ou não ser verdade mas, conhecendo a FIFA, não é de se estranhar.
Finda a festa, Inglaterra campeã.
A Alemanha fez um gol na final que o juiz preferiu não ver,  ficou em segundo.  Portugal, do grande Eusébio, fez bonito em terceiro. A CCCP, representando a cortina de ferro, completou o domínio europeu de 1966.

 

O futebol força parecia se impor no cenário mundial.  Mas eles não perdiam por esperar.

A história das copas por Cariocadorio:
https://cariocadorio.wordpress.com/category/copas-do-mundo/

Fotos: Logo da Copa de 66 e Bob Moore com a Jules Rumet (da Internet)

Anúncios

Tags: , , , , , , ,

Uma resposta to “Copa da Inglaterra, 1966”

  1. Luiz D´ Says:

    A caça ao Pelé foi grande, mas havia uma grande bagunça. Jogadores machucados jogaram com o nome apenas, o time foi trocado quase inteiro de um jogo para outro e o Manguinha tremeu como nunca em jogos da seleção (nos clubes era um monstro). Um gol inglês foi muito duvidoso na final. Enfim…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: